Certificadora

A certificação é um processo de fiscalização e inspeção periódica que atesta que determinada propriedade está dentro das normas de produção e comercialização do Ministério da Agricultura e que os alimentos produzidos e comercializados são realmente orgânicos.
Assegura ao produtor um diferencial de mercado para os seus produtos, e ao consumidor, a garantia da origem do produto, as boas práticas agrícolas e um alimento isento de contaminação por produtos químicos. Para facilitar a identificação e dar mais garantia da qualidade dos produtos orgânicos, a legislação brasileira criou o Sistema Brasileiro de Avaliação da Conformidade Orgânica – SISORG no qual o Ministério da Agricultura passou a ser responsável por credenciar e fiscalizar as entidades que fazem a verificação se os produtos estão de acordo com as normas oficiais.

Os produtos orgânicos que são acompanhados e aprovados por essas entidades credenciadas passam a utilizar o “Selo do SISORG” apartir do dia 01 de janeiro de 2011.
Só poderão ir para o mercado os produtos orgânicos que estiverem com o selo, o que indica que sua produção está sendo acompanhada por uma entidade credenciada pelo Ministério da Agricultura.
No Brasil, existem algumas certificadoras credenciadas pelo Ministério da Agricultura (art. 6 da Instrução Normativa nº 007, de 17 de maio de 1999). Um produto deve ser obrigatoriamente certificado para ser considerado orgânico o que é a garantia de qualidade e segurança para o consumidor. A Direto da Serra é certificada pela ECOCERT Brasil. Para saber mais, visite: www.ecocert.com.br.
O selo de certificação é a garantia de que foram cumpridas as rigorosas normas técnicas, que englobam análises de controle de qualidade do solo e da água, processos de reciclagem de matéria orgânica, rastreabilidade da produção, entre outras mais. A fiscalização é feita através de visitas periódicas de um inspetor no local de produção, estocagem e embalagem. Todas essas normas são aplicadas para preservar a saúde do consumidor.